Poemas- Reflexões- Poesias- Auto-ajuda


22/04/2017


Paulo Zamora 2017- Ano 23

ARQUIVOS ATÉ 05 DE MARÇO DE 2017 – (Escritos no Word 2003)

Baixe gratuitamente todos os livros  e Outros arquivos de Paulo Zamora no link Abaixo:

https://www.4shared.com/rar/FJ95tiGfce/PauloZamora-OBRAS.html

 

 

 

 

Textos escritos: 5.101 (Até 2016)

Poemas Gravados: 4.972 (Até 2016)

Blog: www.pensamentodeamor.zip.net

Youtube: Paulo Zamora (356 Videos)

E-mail: ointernautams@hotmail.com

Facebook: Paulo Zamora TJ JW

Escrito por Paulo Zamora às 22h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

“O POETA DOS RADIALISTAS”

Resumo Biográfico de Paulo Zamora- 2017 (Ano 23)

Poeta, escritor, declamador, roteirista e técnico de áudio.

 

 

A continuidade de um trabalho depende exatamente do quanto gostamos, ou melhor, amamos o que estamos fazendo, na certeza contribui e muito para o sucesso de um ser humano. Durante todos esses anos contei com a colaboração de inúmeras pessoas, ninguém constrói uma história sozinho; desde a infância sinto imenso amor pela cultura, pelas poesias, pelos poemas, cresci admirando grandes nomes da nossa literatura.

 

Quero agradecer a Radialista e Colunista Social Helen Cunha, que durantes anos divulga meu trabalho (Desde 2001); escreveu resumos de minha biografia durante 4 anos (2012 a 2015). Helen Cunha é retrato exato de cultura, durantes anos em seu programa de rádio realizou encontros culturais especiais, onde reunia poetas, poetisas, locutores e amantes da arte, momentos que jamais serão esquecidos por quem participou e para quem teve a oportunidade de ouvir.

 

Desde 1994 foram muitas participações no rádio, principalmente na Rádio Difusora AM de Três Lagoas MS, digo sempre que já sou realizado como poeta e escritor, por ter conhecido pessoas especiais, ter tido a oportunidade de participar de eventos culturais em escolas, de ter desenvolvido um movimento único de gravar poemas, e poder contar com muitas participações de escritores, professores, poetas e radialistas, no começo as gravações eram feitas em fitas K7, e os textos (Reflexão, auto-ajuda, poemas, poesias, crônicas e outros) eram divulgados através de murais de escolas. Hoje realizo cópias de Cds, divulgo através da Internet, jornais, do rádio e outros meios; gravar poemas sempre foi meu atributo principal, enquanto outros lançam livros.

 

São muitos os nomes no decorrer dessa história; e títulos como: “Um poeta de Três Lagoas”, O poeta que mais gravou Poemas”, “O gênio dos pensamentos de amor” e “O poeta dos Radialistas”, atualmente o que se destaca é “O poeta dos Radialistas”.

 

Continuo minha obra como se estivesse começando agora; escrevendo, gravando e também conhecendo a cada ano novos talentos. Meus textos já foram aberturas e encerramentos de programas de rádio, é uma satisfação saber que essa história de amor com as palavras já dura há tantos anos, muitas histórias para contar, lembranças...

 

Meus poetas incentivadores foram e são “Célio de Barros” (Já falecido) e “Sueli Batista Damasceno”. Algo que se destacou em minha trajetória foram os Documentários sobre a vida de Célio de Barros, como poeta, escritor, declamador, cerimonialista, ator, radialista; exibido anualmente de 2010 a 2013 pela rádio difusora AM de Três Lagoas MS, com esse projeto contei com a participação de vários amigos, escritores e locutores, muitos deles conheceram e conviveram com o saudoso Célio de Barros; um dos meus projetos que mais me deu orgulho, porque Célio e eu fomos grandes amigos nesta vida.

 

No começo (1994- Eu tinha 15 anos de idade) minha prima Elaine foi minha parceira na arte da escrita, como estudávamos na mesma sala, tínhamos os mesmos intuitos culturais, ela já escreveu vários poemas. Na época em que vivemos, tempo de culturas adormecidas, temos como objetivo alcançar pessoas que possuem maior sensibilidade e são capazes de valorizar nossos trabalhos realizados com intensa dedicação, existe da minha parte uma entrega de amor e ternura com o mundo das letras e das gravações, amo tudo isso!

Agradeço a todas as homenagens prestadas a mim no rádio, sindicatos, escolas e outros.

Resistir ao tempo é provar que existe amor por aquilo em que estamos nos dedicando...

Paulo Zamora

01 de Janeiro de 2017

Escrito por Paulo Zamora às 22h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Alguns destaques

Cidolina Silva (Sinted): Nomeada por mim como “Rainha da Cultura”, por se dedicar e realizar eventos culturais memoráveis.

Sueli Batista Damasceno: Nomeada por mim como “Rainha da Poesia”, porque se destaca na cidade por sua história como professora e poetisa

Helen Cunha: Nomeada por mim como “Rainha do Rádio” Treslagoensse; porque fez e faz a diferença quando o assunto é dar oportunidade a novos talentos tanto da musica como da arte da escrita.

Célio de Barros:Rei da Declamação”, porque nunca conheci alguém que decorasse tantos textos e tirava sempre lagrimas do publico através de declamações, fantástico e sem igual.

 

 

HOMENAGEM

Abner Olmos e Rafa.
CENTRO CULTURAL DAGA- Três Lagoas MS

Hoje 09 de março de 2017; recebi como presente uma homenagem muito importante para a minha história como poeta e escritor; quero compartilhar com vocês esse momento único de alegria. Ao CENTRO CULTURAL DAGA e CANAL DAGA agradecimentos e boas lágrimas por darem a Biblioteca Comunitária o nome de BIBLIOTECA POETA PAULO ZAMORA (PPZ). Não tenho palavras para expressar ao certo essa alegria concedida a vocês; que são estrelas culturais Brilhando Intensamente. Deixo aqui desejos de muitos sucessos nos projetos e em suas vidas.
Um grande abraço no coração.
Paulo Zamora
Poeta e escritor

Escrito por Paulo Zamora às 22h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Agradecimentos aos Apoiadores:

Maria Irene (Mãe)- João Carlos de Souza (Rádio Band FM- TV Concórdia )- Helen Cunha (Rádio Difusora AM- Colunista Social)- André Mitterer (Declamador)- Célio de Barros (Rádio Difusora AM- Poeta, radialista e ator)- Leif Eric (Professor de Língua de Sinais)- Alex Fernando Soares (Declamador)- Larissa Dandara (Radialista)- Jean Carlos (Rádio Três Lagoas FM)- Bruno Henrique Ramos  (Poeta)- Carlinhos Albert (Rádio Três Lagoas FM)- Verena Venâncio (Poetisa e Professora)- Sueli Batista Damasceno (Poetisa e Professora)- Luiz Octávio (Professor de Música)- Anne Francielle Bertholdo (Poetisa)- Altair Ferreira e Gleyci Nonato (Poetas do Projeto Poesia Na escola)- Elaine C. D. Zamora (Poetisa)- Fran Soares (Cantora)- Nyck Poesya (Poeta e compositor)- Fabiano Xavier (Rádio Cidade FM- Andradina SP)- Alex Fabres (Rádio Três Lagoas FM)- Adilson Silva (Rádio Três Lagoas FM e TV Record)- Ademar Cardoso (Rádio Difusora AM)- Toninha Campos (Rádio Caçula AM) Romário Gutemberg (Rádio Três Lagoas FM), Rock Santos (Rádio Pantanal FM), Ronan Tafarel (Rádio Difusora AM), Alfredo Netto (Rádio Três Lagoas FM), Cidolina Silva (Sinted- Três Lagoas MS), Leonardo Mundim Souza (Declamador), Tom e Bruno (Cantores), Oséias Barros (Radialista e poeta- Rádio Difusora AM), Philipe Prestes (Cantor), Débora Neves (Cantora), Aurora Vilalba (Radialista- Difusora AM), Vera Medeiros (Professora e Poetisa), Geni Rosa de Oliveira (Professora), Sinte (Sindicato dos Professores – Três Lagoas e Selviria MS), Eudália (Sinted), Eronice (Professora) Suely Boaventura (Divulgadora), Antonieta Araújo (Poetisa), Abner Olmos Petrich (REPÓRTER – Canal Daga), Gilson Castilho (Londrina PR- Studio)

 

 

Comunicados Anunciados em 2015

Durante muitos anos tenho gravado muitos poemas por ano; cheguei a gravar mais de 20 Cds em apenas um ano (Quase 500 faixas); hoje somam-se quase 5.000 faixas ao todo (23 Anos). Um trabalho que amo muito fazer, faz parte da minha história de cultura e vida. Em 2016 o alvo é gravar 04 a 05 Volumes, e nos anos seguintes a meta é gravar 01 a 02 volumes (de 06 em 06 meses). Chegou o tempo de ouvir, apreciar esse imenso arquivo de poemas, com muitas participações, no youtube existem centenas de poemas postados, principalmente os meus clássicos.

Um Grande abraço!

Paulo Zamora

 

- Apartir de 20 de novembro não participo mais de eventos culturais.

 

 

Amigos leitores e ouvintes dos poemas;

De novembro de 2015 (A partir do dia 20) em diante não mais participarei em eventos culturais de quaisquer espécies; mas continuarei escrevendo e gravando, ainda divulgando na internet nas redes sociais e sites; escrever faz parte da minha vida e faço isso com muita dedicação, com amor por assim dizer. Todos os momentos vividos com a cultura foram muito importantes até hoje; o motivo para essa decisão é que de agora em diante acho melhor assim; agradeço a todos que gostam dos meus escritos e áudios.

Grato.

Paulo Zamora

Poeta e escritor (Desde 1994)

25 de agosto de 2015

 

No youtube Acesse: Paulo Zamora

 

 

COMUNICADO

Continuarei escrevendo reflexões sempre que puder; às vezes gravando algumas delas; principalmente as que falam do reino. Os poemas românticos também escreverei de vez em quando, porque amo escrever textos de todos os estilos; depois de 23 anos estou decidindo assim; há um arquivo imenso tanto pessoal quanto na internet (De Áudio e Escrito). “Aonde estiver o seu tesouro ali também estará o seu coração.” Quero sempre que meu coração esteja plenamente no novo mundo; então preciso sempre ir tomando ajustes; em como ocupar o meu tempo precioso; amo escrever e sei que sempre farei isso; mas gravar será algo raro e de preferência textos motivadores. Obrigado sempre pelo carinho e atenção aos meus arquivos.  Peço sempre a Jeová que me abençoe em minhas decisões.

Paulo Zamora – 08 de Março de 2017

Meu blog: www.pensamentodeamor.zip.net

 

 

Escrito por Paulo Zamora às 22h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Dica:

Deixe de falar para quem não está interessado em lhe ouvir; desinteresse-se de quem acha que você não tem sentimento; existem pessoas que não se percebem que são fábricas de desmotivação; fuja de gente assim; eles se comportam como se não tivessem maturidade ou mesmo coração... Essas pessoas conseguem implantar em nós tristezas; não reconhecem nada de bom nas outras pessoas, apenas critica ou fica em conceitos equivocados; mas não se importa em dar a devida atenção para saber como as coisas realmente são ou acontecem...

Paulo Zamora

22-04-2017

Escrito por Paulo Zamora às 22h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Alegre-se

Dedico essa reflexão aos meus familiares, parentes, amigos, leitores virtuais, enfim; dedico a você esse momento de alegria em forma de texto...

Alegre-se se tem uma família para compartilhar seus momentos; alegre-se se tem seus filhos para amar e ser amado ou seus pais para abraçar; alegre-se se todos os seus valores estão em viver em prol dos que te amam. Alegre-se em todo o amanhecer ao agradecer a Deus pelo lar, pelo pão de cada dia; por estar vivo e poder realçar as belezas da vida.

Alegre-se em poder estar lendo esse texto e entendendo as palavras. Sorria por ter seus filhos e netos, por ter amigos que se dedicam, se importam...

Contente-se com o que tem; viva os dias agradecendo por tudo; ainda mais quando se olha para o mundo e vê como estão os comportamentos das pessoas em geral, como a falta de amor está predominando; as guerras, a fome, a criminalidade, filhos que fazem seus pais sofrerem por amarem o mundo de tal forma que se afogam em ilusões.

Alegre-se por poder assistir mais um discurso motivador; alegre-se por estar aqui vivendo a vida; sinta prazer em estar perto das pessoas, nosso bem maior, nosso melhor; nosso presente de Deus.

Alegre-se no abraço, nas palavras que incentivam; alegre-se em poder cantar mais uma canção, por atender ao telefone e ser alguém querendo saber como você está; demonstração de importância.

Alegre-se por ter passado algumas fases difíceis; e hoje está aqui contemplando a beleza de mais um dia; e logo de uma boa noite.

Alegre-se por fazer parte desse planeta.

Alegre-se por ver um bom filme, assistir aquele seriado que tanto gosta; por estar vendo todos os dias as pessoas amadas ao seu redor; descubra agora que você tem muitos e muitos motivos para se alegrar; afinal; basta abrir os olhos e ver o quanto você é importante; e o quanto as pessoas são importantes para você; alegre-se sim, sorria amigo; alegre-se por saber que amanhã é domingo, que hoje é sábado outra vez; que nada o tirará o direito de se sentir feliz; sorria até mesmo por motivos considerados banais; mas sorria sem ter medo...

Alegre-se por poder perdoar alguém ou pedir perdão, por conhecer um Deus rico em sabedoria e pai amoroso; pense que nada é por acaso, nem mesmo as fases que enfrentamos na vida; nem mesmo as saudades que possamos sentir; alegre-se por motivos reais da vida; um sabor inexplicável descoberto a toda nova vitória...

Olhe ao redor; será que não tem mesmo motivos para estar alegre? A solidão, a carência; também podem ser uma escola; alegre-se em saber que o futuro está contendo esperanças de um paraíso; que a nossa fé não pode ser abalada por coisas que o inimigo da humanidade tenta nos confundir a mente e o coração...

Alegre-se quando depois de uma perda você conseguiu reconquistar ou conquistar algo.

Alegre-se em ter visão, a  fala; ou a oportunidade de receber ajuda necessária quando enfrenta a cegueira ou qualquer outra enfermidade que incomoda a vida; pense nos seus desafios; conclua a realidade dos fatos; você ainda está aqui contemplando a vida; podendo se alegrar; podendo viver momentos marcantes; mesmo que a rotina nos canse; temos muitos motivos para comemorar a vida; comemorar os filhos, os netos, os pais, os parentes, os amigos; a VIDA...

ALEGRE-SE EM PODER ORAR E FALAR COM JEOVA.

Alegre-se por seu trabalho, por todos os seus empenhos em casa; por despertar e ouvir os pássaros cantando na janela.

Alegre-se por as vezes chorar de alegria em seus sentimentos; as tristezas são ponte que atravessamos, simplesmente fases...

Seus avos ainda estão aqui? Ame-os.

Passe tempo com quem lhe dá valor; com quem te ama sem querer nada em troca, apenas sentimentos; deixe de se queixar das boas coisas que possui; ame, será amado, entregue-se para viver alegrias únicas.

Alegre-se por poder ler a bíblia; por poder ver fotos em seus álbuns preferidos; por andar de bicicleta; por ter uma imensa lista de coisas boas na vida que podem ser vistas com o melhor do coração...

Alegre-se por respirar, por entender as palavras de fé.

Alegre-se por saber que um texto como esse foi feito a você com muita dedicação; com amor e carisma.

Alegre-se e contribua para o final de qualquer fase ruim; quem pode vencer um sorriso?

Alegre-se, tenha como meta ser alegre; se contente com a vida; ver com bons olhos tudo o que possui, vença as pessoas negativas usando o melhor que se pode dar a elas; seu sorriso, sua esperança; seu caráter afetivo; demonstre que a realidade, de que não é Deus quem faz as pessoas sofrer ou serem tristes; e nós descobrimos na fé que Deus pode habitar o nosso viver, nos fortalecer; nos instruir a lidar com todas as nossas situações; alegre-se por ter um Deus assim.

Alegre-se como pai ou mãe; como filho ou filha, como tio ou tia; enfim, alegre-se por estar aqui contemplando a vida...

(Escrito por Paulo Zamora em 22 de abril de 2017)

 

Escrito por Paulo Zamora às 22h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Entre a vida

A carência pode ser detectada no momento solene do silêncio em que nos adentramos a própria vida; e nos pensamentos fazemos também a nossa real história; entre distâncias, partidas e depois de chegadas; entre a vida há um lugar que infinito dentro do coração; e você se perde nos caminhos; mas precisa chegar até que o melhor momento aconteça; quem de nós realmente está sonhando a eternidade saberá compreender detalhes sobre a vida; mesmo que as vezes você não se sinta em casa, porque lhe falta algo; e você procura até mesmo em seus sonhos; é carência? Talvez até seja.

Impondo sempre há algo que lhe falará mais alto; quem sabe um instante de descanso no começo da tarde em que os pássaros estão por ai voando, procurando o pão ou mesmo o descanso. Como vencer o dia que persiste em não terminar? A vida é assim; as vezes nos encontramos sorrindo e as vezes chorando por algo quem nem sabemos se faz sentido.

De repente começa um silêncio entre você, entre a vida; é uma ponte que precisa ser atravessada; que nas orações ainda não falou tudo, precisa lembrar de mais; então dissertar assuntos da alma.

Um dia nos procuramos entre a vida; então estamos nós parecendo alguém personagem de um filme; momentos de aventuras, outros de romances e erros; daí tudo se transforma, passamos a ter uma crença positiva, mas os desafios são negativos e nos projetam carências infundadas; onde seu inconsciente parece ter poder além de você; mas não pode ser possível você se deixar vencer; qual a real reação?

Então nas viagens emocionais existem reprises, traumas, experiências; parece que agora é outra pessoa e não você quem está aqui lendo essa reflexão; sempre existe um jeito de ajeitar a vida; quem levou a sua alegria? Ou quem lhe trouxe a paz quando o mundo se tornou nostalgia?

Eu já estive no paraíso durante um sonho noturno, quando voltei a mim aqui neste bruto sistema de sofrimentos fiquei pensando no que a vida realmente é, trem bala como naquela canção de sucesso; somos mesmo passageiros quase a descer na estação.

Quem nos orienta diante dessa aflições, estamos em guerras internas; forçados a viver assim, como nunca gostaríamos.

Almeje a nova trajetória; ore fervorosamente, funciona muito bem, porque quem nos escuta é aquele que criou tudo, inclusive você dentro do ventre; Jeová.

Sou apenas um pensador apaixonado pela vida; também em meus desafios, lutando diariamente, sabendo que daqui a pouco essa terra será o tão esperado paraíso; e nos encontros quero chorar muito; escrever poemas findando saudades; sentir um coração pulsando apaixonado por tudo e todos.

A nossa inocência nem sempre é ingenuidade; somos calados nas pendências; somos frágeis quando menos esperamos ser; e choramos lágrimas de arrependimentos.

Talvez nem entendamos o que nos acontece agora; mas no céu mora um Deus constante em sua sabedoria; e você pode ter partículas dessa sabedoria pedindo-a a ele.

Há lembranças que fazem sorrir, sorria mesmo se estiver sozinho na sala ou no quarto; porque a solidão é apenas um momento em que aprendemos a ser sozinhos; depois nos abrimos para a vida e passamos a construir uma nova história.

Entre a vida um se como eu e você, caminhando, contendo informações e divulgando a esperança; compartilhando com os amigos a melhor mensagem que se poderia pensar e viver...

As fontes que nos emocionam também estão no mundo das palavras; nos sonhos, nas memórias das pessoas; estou passando por aqui escrevendo; dando o melhor de mim; e hoje quero dizer que a tarde é simplesmente um pedaço do seu tempo que não se repetirá jamais; então o que acha melhor fazer? É de verdade a vida; e você está aqui ocupando seu espaço, genial espaço; mesmo reclamando, mas no fundo buscando fazer da vida um recomeço, mesmo quando outros acreditam que são simplesmente pensamentos, mas para você o mais importante momento de decisão; a vida é assim, sempre foi assim, e um dia será completamente diferente; porque ainda não conseguimos definir ao certo o significado do eterno...

Não podemos deixar tudo como está; precisamos mudar; sermos tocados pelas lembranças; amados por nós mesmos, e no final o melhor dos encontros, em que você se encontrará com a verdadeira vida; entre a vida um chama ardente de esperança, e no final, também começo; lágrimas que falarão além das nossas preocupações de hoje.

(Escrito por Paulo Zamora em 22 de abril de 2017)

Escrito por Paulo Zamora às 22h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Encontros sem pausas

Desde criança sempre sonhei um lindo amor; encontros sem pausas; poder ficar com ela durante todos os momentos; sem temer o tenebroso; a despedida...

Eu não sabia que seria você; que um dia veio e me tocou com os olhos e depois de um longo beijo deixou-me apaixonado; durante muito tempo fui seu amor, pelo menos parecia que éramos amor entre lua e sol.

Por você eu sofri, amei demais; e você não quis deixar o seu coração ser meu de verdade; para você o romance era aventura; e para mim um momento eterno; daqui ao paraíso...

Não posso contar nos versos o que vivemos e se acabou; no entanto meu amor foi rico em caricias; encontros de mãos, de bocas e corações...

Perdi a calma; antes havia perdido o juízo por você, sem pensar na realidade; que seriamos impossíveis um para o outro, não era um encontro sem pausas.

Hoje meu coração tenta desapegar do passado; e pouco me resta a pensar no futuro; fico pensando que ainda me ama e voltará; são pensamentos que me enganam, mas os preciso para passar os dias; eu suspiro sozinho, aprendi a viver sozinho; é solidão sim; solidão de amor e carinho...

Lembro os toques de peles; os beijos que loucamente dávamos; tudo passou; e talvez um dia ainda encontrarei um novo amor; mas você mesmo sem perceber deu uma pausa na minha vida; e não sei por quanto tempo irá durar.

(Escrito por Paulo Zamora em 22 de abril de 2017)

Escrito por Paulo Zamora às 22h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

A nossa luz de repente ja pode estar acesa em nós mesmos; e quando percebermos já não haverá escuridão. Pode ser uma questão de fé ter a melhor esperança; e quanto mais longe você ficar do passado mais estará vivo no presente. Pense em qual será a melhor atitude para hoje; além da oração. .. Paulo Zamora 19-04-2017

Escrito por Paulo Zamora às 22h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Na minha meditação agora a noite

 

Tirei um tempo para meditação importante; coisas que preciso manter na mente. Com oração e pensamento em Jeová. Analisei cada conselho dito. Observei minha vida de vários ângulos. Tentar não me envolver em situações as quais não tenho o controle. Devo mandar em mim e em meus pensamentos. Acreditar com mais profundidade que Jeová dá poder além do normal. Deixar o passado se perder no tempo. Reclamar menos; evitar reclamar e os desabafos devem ser apenas com amigos de verdade. Deixar de me impor tantas regras. Perdoar sempre; como sempre fiz. Satanás não é maior que Jeová Deus; ainda viver com minha família momentos marcantes. Tirar o foco de mim e coloca-lo muito mais no reino e com isso seguir a minha programação espiritual. Devo mandar na ansiedade e não ela em mim; o principal remédio é a auto estima. Oração e súplica fazem diferença; confiar que no momento certo Jeová o colocará no lugar certo. Não perder reuniões. Ler a Bíblia diariamente. Mudar essa história depende de mim. Pedir forças a Jeová para conseguir colocar em prática as decisões desse ponto de partida; o hoje; e daqui para trás foi uma fase que ja passou. Mudanças nas conversas; no ritmo diário; mudar aos poucos a imagem negativa para a positividade vinda de Jeová. Nunca podemos ficar sem o Espírito Santo de Jeová em nossa vida. Agir requer muito esforço; mas é possível vencer. Moderação e equilíbrio poderá ajudar a cicatrizar páginas do ontem. Retomar a vida é sentir o significado da superação; e suportar algo com a ajuda de Deus. Analisar a cada momento o que tem ou não lógica de permanecer na mente e tomar conta do coração. Será de passo em passo. Persistir. Orar. Confiar. Não há porque do medo. Não há porque não sorrir. Não há porque fugir do que é maravilhoso. O cansaço nos fere amargamente; quem passa ou passou compreende. Há um bom sabor viajar na letra de uma boa canção. O tempo de mudança começa hoje; pouco a pouco. .. Refletir ou reler esse texto que é fruto de horas refletindo e também orando; e não importam mais as críticas; os conceitos equivocados, os julgamentos; Jeová ajudará nessa caminhada. Tomar os passos e confiar nele, e ser mais reservado com a minha própria vida. Não quero mais saber do que passou. Devo ter em mente as minhas meditações de hoje; de agora. .. Estou falando muito sério; como nunca falei. Nosso lar é sagrado. SORRIR COM OS VERDADEIROS AMIGOS E ME PREOCUPAR COM O QUE FOR MESMO MUITO SÉRIO.

Paulo Zamora 20 de abril de 2017

 

Escrito por Paulo Zamora às 22h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

AO DESABAFO DE UMA LEITORA

Dica: Analise sua freqüência nos assuntos espirituais, nas reuniões, no serviço de campo, no testemunho informal; analise sua vida e renove os focos principais.

 

 

 

 

AO DESABAFO DE UMA LEITORA

Hoje falando com uma leitora dos meus arquivos; entendendo a história dela; uma pessoa que ja lutou e luta por muitos; mas que se sente hoje em dia oprimida pela falta de reconhecimento. Ela me disse: Amigo Paulo as pessoas raramente reconhecem nossos limites; muitos sabem nos fazer sentir inferiores; pequenos; inúteis; em que tudo que falarmos ou fazermos estaremos errados; não olham para nossos valores; e sabem nos criticar. Eu disse a ela que Satanás usa até mesmo os membros da nossa família para nos diminuir; causando em nós uma sobrecarga emocional; nos tirando as energias e as ações. Poucos irão entender a dificuldade do próximo. Dá-se a impressão que somos bons e normais quando estamos dando tudo de nós a todo tempo. Muitos se esquecem de quem somos; outros acham que não precisamos de reconhecimento ou de qualquer afeto. Tendem a nos cansar. Mas eu ainda disse a ela que continue na sua fé acreditando em Jeová; e que muitas vezes temos que aprender a ser sozinhos mesmo que sejamos uteis e companheiros para muitos; mesmo para aqueles que são injustos ou não nos respeitam como pessoa. Nossas palavras e nossos sonhos também possuem valores. Pessoas também são capazes de nos jogarem no poço sem perceber através do poder das palavras. Outros só nos ditam regras e criticam e julgam... Quando tomamos o lado de Jeová sofremos muitas tribulações; nossas mudanças incomodam a quem não entendem a nossa fé; não temos que viver como os outros querem e sim como o nosso Deus quer. Se estamos sentindo cansado de tudo devemos compreender que a palavra de Deus nos ajuda a lidar com os distúrbios causados por gente que só sabem ferir na insensatez. Será que prestamos somente quando estamos servindo outros? Será somos interessantes quando estamos dando o possível e o impossível? Temos o direito de mudar. Temos o direito de dizermos NÃO. Temos o direito de sonhar. Devemos amar como fomos ensinados pela palavra de Deus. Valorizar a familia. Valorizar nossos irmãos. Valorizar as pessoas em geral. Fugir dos que nos fazem sempre um pedaço de nada... Não seja radical; mas domine suas escolhas. Pessoas que sabem apenas nos deprimir não merecem ter-nos. O próximo é quem se importa com você. Você tem o direito de viver no ritmo que quiser. Os críticos são na maioria das vezes pessoas hipócritas. Pense no novo mundo. Faça sua parte diante do reino. Se preocupe com isso, verá como Jeová Deus o fará se sentir importante. Enfrente com coragem a negatividade que pode estar pairando sobre você e o deprimindo; por pessoas usadas para nos fazer sentir inferiores; Jeová nunca o rejeita; nunca se esquece dos seus esforços e lutas na vida. Nos devolve o sorriso. Pessoas fracas tendem a enfraquecer os fortes se eles se renderem ao poder do negativo. Ser sábio como a bíblia diz para sermos irá nos reestruturar. Quando já estamos cansados de tudo nossa melhor saída é orar... Devemos aprender a filtrar as mensagens ruins vindas de outros com palavras e ações. Nunca se esqueça que você é humano também. ..

Paulo Zamora 16-04-2017

 

Escrito por Paulo Zamora às 22h30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Endireitar os focos

 

Quando estamos precisando nos aquecer em boas decisões precisamos pensar sempre nas coisas reais e positivas da vida.

De hoje em diante:

Não se atarefar demais.

Nunca pensar exageradamente no negativo.

Não deixar de sonhar o novo mundo.

Confiar em Jeová e expressar o amor até mesmo nas orações; sejam elas pensadas ou faladas.

Não se prender a listas para não se tornar escravo de uma agenda.

Deixar o ontem para trás e viver o hoje com expectativas.

Exercitar-se regularmente.

Endireitar os focos.

Entender com cautela como as coisas acontecem.

Evitar até mesmo pessoas e lugares que nada lhe acrescentam na vida.

Se limitar com o amplo mundo virtual.

Procurar reclamar bem menos ou não reclamar.

Pedir a Deus mais paciência, tolerância e sabedoria.

Dormir o necessário.

Aprender a relaxar.

Ver um bom filme  e esquecer um pouco o celular.

Não deixar sua vida ser noticias.

Aprender muito mais com a espiritualidade.

Deixe de se preocupar tanto com o que os outros vão ou não pensar sobre você e sua vida; mas sim no que Jeová sabe.

É hora de mudar.

É serio...

Controlar a sua ansiedade com confiança em Jeová;

Corte da sua vida toda comunicação inadequada; muitas vezes abrimos as portas para que a influencia negativa entre em nossa vida.

Sorria sem ter medo.

Brinque, abrace, diga que ama; chegou o momento de “ ENDIREITAR OS FOCOS”.

 

(Escrito por Paulo Zamora em 19 de abril de 2017)

 

 

Dica: Analise sua freqüência nos assuntos espirituais, nas reuniões, no serviço de campo, no testemunho informal; analise sua vida e renove os focos principais.

Escrito por Paulo Zamora às 22h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

RESISTÊNCIA

Muitas vezes enfrentamos situações provadoras em nossas vidas; fases que se parecem intermináveis; testando ao Maximo a nossa resistência humana e sentimentalmente. NOSSAS atenções ficam voltadas às nossas crises; e sentimo-nos sem rumo, sem saber o que fazer, e ter os pensamentos nos mesmos rumos negativos nos faz pessoas em clima de derrota; o pior é quando você procura pela compreensão e não a encontra; talvez nem mesmo você consegue mais entender o porque da sua fase; é como estar andando em círculo; não executando seus projetos; principalmente os espirituais; mas de algo tenha certeza; Jeová está cuidando de você a cada instante; lhe dando a resistência; mesmo que tudo já pareça insuportável; a solidão de uma situação fere a personalidade; não há auto-estima, e chamamos de poço; há uma saída? Sim, sempre tem.

Estar com as tensões ligadas é como consumir toda sua energia; isso deprime. Quando olhar para o lado e ver que sua situação o fez ficar solitário não se desespere; Jeová preenche qualquer carência que venhamos a sentir. Muitos já estão com a síndrome do pensamento acelerado; por que ficam pensando sempre na saída, que talvez no momento ainda não esteja disponível. É você contra você mesmo ou contra as influências de Satanás?

Ele tende a nos cansar de muitas maneiras; e se nos afastamos das orações tenha a certeza que mais difícil ficará; talvez você precise de um amigo que até mesmo ore junto a você; orações possuem poder imensurável. Desabafe quantas vezes for preciso aos ouvidos de quem sabe amar na fé; os críticos não se colocam no lugar dos outros, não entendem de misericórdia.

Quanto tempo dura uma fase? Não sabemos, podem durar segundos a minutos, dias a meses; ou mesmo anos; mas a nossa coragem nos faz prosseguir acreditando que no momento certo tudo volte ao normal; na perca da esperança ficamos desalentados; nossa paciência se aflige; mesmo no escuro de uma crise tente mentalizar as mudanças necessárias; para que a ansiedade não o consuma por completo; e o melhor remédio é a consciência; fácil isso? Não.

Nunca descarte as melhores possibilidades; está se sentindo perdido? Assim os dias são longos, sem rumos; mas sua resistência sofre pouco a pouco; você quer vencer; mas qual a estratégia certa para esse jogo? Os demônios gostam de assustar as pessoas e as enganar.

Jeová precisa ser a nossa torre forte, nossa proteção; a pior das saudades é aquela que você passa a ter de você mesmo; é quando a vida se resume a poucas coisas; você fica longe de tudo; sentindo-se dentro de um labirinto; cansado...

O que fazer hoje? Dizem que mudar o foco melhora tudo; mas como mudar o foco?

As vezes é complicado entender que temos um inconsciente; que toma decisões em nossa mente; muitas vezes pensamos que isso não se passa de uma invenção humana para justificar os pesares do sistema.

Chore no ombro amigo de Jeová; fale a ele tudo o que está lhe incomodando, tirando a sua paz; e se não entende o que está acontecendo tenha a certeza de que nosso inimigo está no controle disso; sua vida é muito mais do que se possa imaginar em termos de valor.

Até quando resistir? Faça dos dias recomeços para que consiga enfrentar o sofrimento.

Vá pelo caminho do reino mesmo que esteja rastejando; mesmo que muitos não entendam seus gritos de socorro; mesmo que dêem nomes diferentes a situação que você enfrenta; aqueles com olhos clínicos na espiritualidade poderão ver com clareza e conceder a ajuda nesse ritmo; sem julgar ou criticar; mas sim entender. Uns passam testes mais fracos de resistência; outros mais fortes, outros ainda fortíssimos; por isso sempre que puder ajudar com palavras, ações e orações; faça porque o necessitado pode estar se calando por falta de forças; forças essas que precisam vir espontaneamente de quem entende de espiritualidade. Ninguém vai sentir nada por você, nem mesmo mudar a sua vida por você; mas Jeová usa meios em pessoas para acalentar em momentos frios do viver; mesmo quando outros nos taxam de exagerados.

Tenha em mente que irá vencer; que a fase passará e poderá cumprir seus alvos de sorrir um pouco mais; hoje é outro dia, tente recomeçar; ore primeiramente.

(Escrito por Paulo Zamora em 17 de abril de 2017)

 

 

Escrito por Paulo Zamora às 22h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Pensar

Pensar na vida é acreditar que o amanhã será sempre melhor do que o hoje.

Nunca se aprende nada quando não se aceita aprender...

Nada acontece por acaso nem mesmo dentro dos nossos pensamentos.

O conhecimento nos ajuda a mentalizar os melhores princípios; entre eles uma visão maior dos compadecimentos e também das portas que levam à saída.

A alegria vem de se organizar e sentir prazer nas coisas mais simples; também nas coisas mais complexas que se possa imaginar.

Pensar pode ser caminho bom ou prejuízo; quem mandará no seu pensamento é você mesmo.

Passar os dias é vencer o tempo; mas a conversa mais sábia diz-se que o tempo não se pode vencer; ele é infinito e nós não somos, mas seremos eternos quando tudo que causa revés nesse sistema se findar.

Pensar é voar pela própria vida...

Ontem assistindo a uma Assembléia na cidade de Nhandeara SP fiquei pensando na vida como seu todo; dos problemas que enfrentamos; das saídas que Jeová nos fornece; e o quanto ele nos entende; a nossa sinceridade é levada muito a sério; a maneira como vamos levar a nossa vida, as nossas escolhas, refletem também na nossa fé; nossos comportamentos revelarão sempre quem somos por dentro e por fora; no lar como estamos vivendo? Como estamos sendo?

A forma como pensamos interfere até mesmo na construção das substancias da nossa mente; quando estamos negativos propiciamos a nós a má construção de neurotransmissores; e com isso estamos envolvidos no poder do pensamento. O que mudar de hoje em diante é uma tarefa que podemos analisar; se solte para alegrias e prazer; coisas castas, corretas; tudo isso o poderá livrar-lhe de muitos males construídos pelos pensamentos; nunca ser justo demais; nem irresponsável com as verdades da bíblia.

Encare a solidão como uma fase em que talvez precise aprender a viver sozinho; pensar positivo poderá ajudar muito em sua recuperação. Não dependa do que os outros pensam sobre você, dependa do que Jeová pensa de você; dos seus valores...

Concentre-se nos seus pontos fortes; não se sinta como se estivesse sempre falhando.

Talvez existam aqueles que durante muitos anos estiveram por perto mas que de repente por um motivo ou outro você os sente afastando; não se abale mas acredite que quem te ama estará sempre ao seu lado em qualquer situação; pense nessa realidade e veja seu principal fator construtivo.

Não se sobrecarregue, nem sinta responsável demais com as redes sociais; elas consomem nossas energias; podem até nos desequilibrar.

Jeová o ajudará na recuperação da sua alegria, olhe para o novo mundo como se já estivesse em frente a sua casa, abra a janela da sala e o olhe; sentirá que para Jeová nosso Deus não existem impossibilidades; nem mesmo incompreensão como tem os humanos (Não podemos generalizar as pessoas como iguais, cada personalidade age e reage diferente).

Os construtores de palavras exercem na literatura uma influência para o nosso pensar, seja de maneira correta ou não.

Não se prive, não se sinta julgado por si mesmo a estar sempre em primeiro lugar, ser o centro do mundo entre as pessoas; quando aprendemos a humildade melhoramos nosso caráter e vencemos muitas das nossas batalhas na vida.

Se solte de quem não se importa mais; se aproxime dos que olham para você como valor, com amor, com ternura, que lhe estendem afetos no tempo devido; não se cansam; somos dependentes de pessoas, é verdade; mas muito mais de Jeová. Dedique-se a orações fervorosas, elas combaterão as armas de satanás contra você.

Suportar é tarefa para os fortes. Superar é acreditar no melhor tempo que ainda virá.

Volte a participar da sua vida; se as forças estão poucas, pense... repense... encontre-se ou reencontre-se para sua maior alegria; seja abundante em sonhar; proteja seus pensamentos com imagens do novo sistema de coisas; aos poucos caminhamos, aos poucos nos aproximamos; estamos quase lá; viva essa maravilhosa expectativa na sua mente e no seu coração. Pensar é escolher os caminhos da sua vida.

(Escrito por Paulo Zamora em 16 de abril de 2017)

 

 

Escrito por Paulo Zamora às 22h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Aquele homem (Pouco a pouco)

De repente poucos vão entender um homem em sua tribulação; mantendo sua fé; aquele homem que segue perdoando; se refazendo; acordando todo dia tendo como alvo seu próprio recomeço. Muitas vezes nos perdemos dentro de nós mesmos sem saber o que fazer ou para onde ir; sem saber até mesmo o que pensar.

Seja aquele homem ou mulher que aprendeu a esperar o momento certo; até que se passe até mesmo a sua tempestade; mesmo que outros não entendem; mas seu criador Jeová sabe exatamente de todas as coisas e causas; até das que estão invisíveis.

Aquele que sabe vencer procura manter a calma em sua calamidade; confia que nada lhe faltará na questão da sua fé.

Precisa coragem? Precisa determinação? Como executar esses projetos? Aquele homem compreende que existe uma força superior capaz de controlar tudo; e uma mão poderosa agirá a seu favor no momento propicio; as fases ruins também passam.

Aquele homem sentimental, atribui com tristeza suas fatais mudanças repentinas; mas aos poucos se restitui, acorda de um sono profundo e vê muito mais além; e sabe aprender a ter paciência; ele tem bondade; tem carisma; mas sua fatalidade esconde as virtudes; no entanto não deixa de ser um grande guerreiro; sabendo pensar com prosperidade; e vence os dias das suas calamidades; pouco a pouco...

Tornou-se escravo de pensamentos que não entende; luta contra as noites, anda no meio do temporal; sabe executar o que está dentro das suas possibilidades; poucos entendem? Sim. Mas Jeová olha com amor para quem é fiel.

Uma doce oração o leva a conversar com seu pai maior; ele chora, ele conta todas as desventuras; precisa de paz; precisa rever sua vida sorrindo; ele almeja estar entre os mesmos da sua fé; daqueles que sabem no afeto ajudar com palavras, conselhos, ser um abrigo no abraço de irmão.

Suas energias voltam pouco a pouco; todos temos lágrimas para chorar; voz para aclamar; todos temos um coração pulsando e uma esperança do amanhã melhor e positivo; melhor que hoje, superior a ontem.

Aquele homem continua caminhando...

Talvez não esteja agora onde deveria estar; mas ele planeja com sua fé se restabelecer e vencer o que tanto lhe aflige; ele se corrige, ele chora de saudade. As fases possuem asas e ele tem que compreender isso; passará...

Aquele homem pode estar carente; mas Jeová o aliviará de muitas maneiras; é um Deus positivo, amigo, amoroso, sensato; MARAVILHOSO.

Não há como desligar o pensamento; mas existe como o mudar de foco, se surpreender; tomar decisões sábias; mesmo estando difícil de colocar em prática; Jeová sabe tudo de todos; ele sabe todas as coisas; ele conhece a vida daquele homem sofredor, do lavrador das boas novas.

Jeová não vê como nós vemos; ele é perfeito e entenderá com perfeição.

Amanhã é um novo dia; procure deixar o hoje e seus acontecimentos se perderem no tempo; procure-se aonde estiver na linha do seu próprio tempo; e como aquele homem de fé acredite que Jeová o sempre cuidará com amor; com carinho; e estendendo sua mão o ajudará a findar a tal fase ruim; comprovando que tudo passa; até as fases tencionais e sem entender.

Você conhecer um homem assim? Como está o personagem principal da sua história?

Sufocado? Atribulado?

Aquele homem também tem sua fé diante das tribulações; sua real necessidade no momento é orar e confiar no momento certo.

Aquele homem continua caminhando...

Mesmo que não pareça; mas Jeová sempre sabe...

Tente não se concentrar demais nos seus próprios problemas...

(Escrito por Paulo Zamora em 14 de abril de 2017)

 

 

 

Escrito por Paulo Zamora às 22h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Histórico